Curso com Toumani Kouyaté no Paço do Baobá

Confiram a primeira oportunidade do ano para aprimorar a arte da palavra. Convenhamos, que oportunidade!

Curso_Toumani Kouyate

CONTO, INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO, DE FORMAÇÃO E DE TRANSMISSÃO

  • O conto
  • O contador de história
  • A escolha de seus contos
  • O repertório
  • Os instrumentos do narrador

Na cultura mandeka, o conto é visto como o espelho da sociedade, por isso o conto funciona como um instrumento de transmissão, de ensinamento, de conselho, de educação, de encontro e de troca. Tudo isso coroado pela música e uma didática específica. O conto é uma narrativa que nasce e vive entre o contador fiel e respeitoso à sua ideologia e espírito cultural, assim como com seu público. Os griôs veem o conto como o principal instrumento de comunicação entre o passado e o futuro passando pelo presente.
O objetivo dessa oficina é, com vinte horas de trabalho em cinco encontros, colocar em questão a relação entre o conto e o contador de histórias, assim como a exploração do conto como instrumento sutil da palavra falada e de toda comunicação. O participante sairá com técnicas simples e precisas que lhe servirão de apoio para o desenvolvimento de suas próprias técnicas pessoais em seu trabalho com a arte da palavra. O objetivo para os narradores sendo aqui o de poder acentuar o trabalho contínuo de formação e domínio de técnicas de expressão narrativa para maior liberdade e criatividade cênica.

Toumani Kouyaté faz parte de uma linhagem de Djelis – Griots – de Burkina Faso, assim como seu pai Sotigui Kouyaté – que a paz esteja com ele – e seu irmão Hassane Kouyaté. Artista completo, como todos da casta dos Djelis, ele canta, dança, toca, conta histórias e é também fotografo, professor universitário e organizador de festivais em vários lugares da África, Canadá, Ásia e Europa, entre outros. Ao longo de sua trajetória artística, recebeu, em 2007, o prêmio Anselme Chiasson (Canadá), como reconhecimento de sua carreira profissional artística; em 2004, o prêmio HIBOU D’OR (Ottawa/Canadá), como melhor contador de histórias da francofonia do ano; foi finalista, em 2002, do grande prêmio de contadores Maison du conte de Chevilly-Larue e recebeu, em 1988, o prêmio de « mensageiro da paz » da Unesco. Vivendo na França, seu trabalho dialoga com o mundo ocidental produzindo uma experiência única de sabedoria e beleza.

Serviço
Quando? 20 à 24 de janeiro de 2014, das 14h às 18h (segunda à sexta)
Onde? Paço do Baobá, Rua Michael Kalinin, 64 – Butantã
Investimento: R$ 400,00 para pagamento antecipado (depósito em conta até 15/01) ou R$ 500,00 para pagamento no início do curso
Inscrições: ilhadojo@gmail.com
VAGAS LIMITADAS

Um pensamento sobre “Curso com Toumani Kouyaté no Paço do Baobá

  1. Pingback: Janeiro 2014 | Blog Leitura em Rede

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s